As alterações hormonais relacionadas à gravidez podem trazer alguns efeitos, entre eles, as indesejáveis manchas acastanhadas no rosto, conhecidas como melasma, que nesse período recebe o nome de cloasma gravídico. Segundo a dermatologista Tathya Taranto, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), a hiperpigmentação tende a diminuir após o parto, mas ela ressalva: “O melasma é uma doença de pele crônica, mais comum na região da face e em mulheres em idade fértil. Não existe cura para o melasma, porém ele pode ser controlado através de uma rotina prescrita pelo dermatologista, para ser feita em domicílio e consultório”.

Apesar da condição não causar nenhuma complicação fisiológica, pode abalar a autoestima e interferir na qualidade de vida. O tratamento pode ser iniciado durante a gravidez com uso de filtro solar de alto fator de proteção e com cor, e reaplicação a cada três horas. “Deve-se aplicá-lo de duas a três camadas, uma sobre a outra e, se possível, finalizar com pó compacto com fator de proteção, para juntos fazerem uma poderosa blindagem. O ideal é que, após toda essa cobertura, não seja possível observar seu melasma no espelho, assim você saberá que está bem protegida”, recomenda Tathya Taranto. Alguns ácidos com potenciais clareadores leves podem ser liberados para uso durante a gestação, mas somente o médico poderá orientar seguramente. Bloqueadores físicos, como chapéu, boné e óculos de sol, também são ótimos aliados.

Passada a gestação, aí sim a paciente pode usar clareadores mais fortes e fazer tratamento em consultório. “Ele pode ser associado ao uso de antioxidantes orais, que funcionam como componentes fotoprotetores e potencializam o filtro solar tradicional, e ativos clareadores despigmentantes, que agem em diferentes etapas da formação da melanina e são combinados de acordo com o grau do melasma, da pele da portadora e suas características individuais”, afirma Taranto. Se ainda assim as manchinhas persistirem, o dermatologista poderá indicar protocolos para acelerar o clareamento das manchas, entre eles, laser Spectra, microagulhamento e peelings.

Comentários: