As baixas temperaturas, típicas do inverno, aumentam a demanda por certos tratamentos dermatológicos e estéticos. O período é um super aliado de quem deseja investir em procedimentos revolucionários para a pele, que exigem pouca ou nenhuma exposição solar. No ranking dos mais procurados, lideram os rejuvenescedores faciais e a depilação a laser, e se tem uma plataforma a laser capaz de tratar ambos, o Fotona é imbatível.

O protocolo Fotona 4D para rejuvenescimento facial  é, sem dúvida, o queridinho do momento. Ao combinar os lasers ND Yag e o Erbium Yag, distribuídos em cinco ponteiras, na mesma sessão, esse tratamento promove um minilifting, trabalha o estímulo de colágeno em todas as camadas da pele, inclusive a muscular, com melhora de textura, qualidade e uniformização da pele, combate de rugas e da flacidez facial. Esses são os efeitos tridimensionais e a quarta dimensão é o tempo, com efeitos duradouros, daí o nome 4D. O ideal é realizar três sessões por ano, com intervalos de 30 a 45 dias entre elas.

Já para eliminar os pelos, o Fotona emprega a técnica da depilação robótica, o primeiro tratamento 100% automatizado, que retira os pelos sem contato com a pele, sendo mais seguro, efetivo e rápido. A área desejada é escaneada por meio de uma ponteira inovadora e inicia-se a aplicação de luz de forma homogênea, garantindo mais precisão porque trata igualmente toda a região demarcada, sem deixar falhas e sem os riscos de queimaduras. Outra vantagem é o alcance do comprimento de onda utilizado, o ND Yag consegue atingir planos mais profundos, destruindo o pelo por completo, o que assegura uma depilação quase indolor. Com o procedimento é possível tratar pelos grossos a finos e em peles claras, ruivas, escuras e bronzeadas. São necessárias cerca de oito sessões com intervalos entre 30 dias e dois meses.

Comentários: