De dentro para fora: como cuidar da pele por meio da alimentação 

Nutróloga e nutricionista dão dicas de como cuidar da pele por meio da alimentação 

por Isabella Grossi

Como o maior órgão do corpo humano, a pele reflete tudo o que acontece no organismo. Nela são expostas consequências de um intestino constipado, por exemplo, de hormônios desregulados e do uso inadvertido de substâncias. Para ter uma cútis perfeita no grande dia, é preciso mais do que recorrer somente aos tratamentos de um dermatologista. É indispensável avaliar as necessidades orgânicas e manter uma dieta rica em nutrientes. A beleza vem de dentro para fora e nada mais é que o resultado de órgãos e tecidos saudáveis. Abaixo, uma série de dicas da médica nutróloga Ana Claudia Cançado e da nutricionista Paula Drumond.

Ana Cláudia Cançado – nutróloga

Uma noiva deve começar os cuidados pelo intestino. Ter uma microbiota equilibrada faz com que ele funcione bem e com regularidade. Isso interfere diretamente na pele e até
mesmo no humor.

É preciso controlar síndromes comuns como a do ovário policístico e a metabólica, caso elas existam.
O hipotireoidismo merece atenção especial, uma vez que essa patologia reflete na pele, deixando-a mais ressecada e menos vistosa.

Repor micronutrientes que estejam em baixa no organismo ajuda a manter a pele suave e homogênea. O zinco, por exemplo, é um curinga. Recomenda-se tomar cuidado, apenas, para não usar polivitamínicos aleatoriamente. O ideal é fazer a reposição com base em exame de sangue.

Em busca de resultados rápidos, muitas noivas fazem uso de hormônios androgênicos, o que pode auxiliar, e muito, no bem-estar e no ganho de massa magra, mas, por outro lado, traz consequências. Entre elas, o surgimento de acne e de pelos indesejados.

O repouso adequado e profundo, sem interrupções, é fundamental para a saúde da pele. Uma boa dica é suplementar melatonina, hormônio que melhora a qualidade do sono, além de ser um bom antioxidante
e ajudar na função intestinal.

Paula Drumond – nutricionista

Frutas e verduras amarelas e alaranjadas devem ser incluídas no dia a dia, pois elas contêm potentes antioxidantes capazes de combater processos inflamatórios e são precursores da vitamina A, que contribui para a manutenção da saúde da pele. A carência dessa vitamina pode levar a sintomas como descamação e ressecamento.

A vitamina C, encontrada especialmente em frutas cítricas e vegetais crus, como repolho, cebola e pimentão, combate os radicais livres e protege o DNA celular contra a danificação proveniente de processos oxidativos, amenizando o envelhecimento e o aparecimento de manchas.

O consumo de peixes como atum, arenque e sardinha reduz a incidência de acne, uma vez que são fontes de ômega 3, que tem ação anti-inflamatória.

A vitamina E age como lubrificante, hidratante e regenerador da pele que sofreu ação do tempo, do sol e da poluição, sendo, assim, essencial para o rejuvenescimento. Boas fontes são as verduras (alface, agrião, espinafre e couve), óleos vegetais, ovos, semente de girassol, soja, banana, carnes e oleaginosas.

Hidratar a pele é fundamental. Ao ingerir, pelo menos, 2 litros de água por dia, é possível evitar e amenizar problemas como inchaço, acne, estrias, pele, unha e cabelos desidratados, e também retardar o envelhecimento.

Deixe um comentário

EDIÇÃO 2017

Natália Guimarães - A modelo e apresentadora revela os cuidados com a pele no dia a dia e conta, em primeira mão, os planos para o casamento.

Tire suas dúvidas, envie uma mensagem.

Todos os direitos reservados a Tathya Taranto 2016. Desenvolvido por Agência Salt.