O ácido hialurônico, substância biocompatível e biodegradável encontrada naturalmente na pele, é uma das mais utilizadas em preenchimentos faciais para correção de rugas e sulcos, volumização, reposicionamento de estruturas e melhora do contorno facial, proporcionando melhor harmonização da face e rejuvenescimento global.

O ácido hialurônico age como um “preenchedor de espaço” entre as células por causa de sua capacidade de atrair a água. Por isso, ele também é atribuído como uma excelente opção para manter a pele hidratada, além dos benefícios estéticos.

O ácido hialurônico pode ser aplicado em qualquer parte do corpo, mas as regiões mais comuns são: sulco nasolabial (ou “bigode chinês”), lábios, olheiras, maçãs do rosto e mandíbula.

Na maioria das vezes apenas uma sessão é o suficiente para se obter resultados satisfatórios e ele permanece na pele, em média, por 12 meses após a aplicação, sendo removido naturalmente pelo organismo.

O procedimento é simples e o resultado é imediato, porém pessoas com deficiências imunológicas, doenças autoimunes, grávidas ou com infecções no local de aplicação devem evitar o tratamento.

Uma nova técnica, conhecida como MD codes, utiliza o ácido hialurônico em pontos estratégicos da face que foram mapeados ao longo dos anos, através de vários estudos, com o objetivo de reposicionar estruturas da face e volumizar algumas áreas que vão sendo consumidas com o envelhecimento, proporcionando sustentação dos tecidos e melhora do contorno facial. Quando aplicado precisamente nesses pontos, essa técnica produz um efeito lifting e um rejuvenescimento global da face, sem a necessidade de procedimentos invasivos ou longos períodos de recuperação.

Por ser uma substância presente naturalmente em nossa pele, são raros os casos onde há complicação ou efeito adverso ao tratamento, porém é extremamente importante consultar seu médico antes de decidir fazer qualquer processo.

Só ele pode avaliar suas condições fisiológicas, alergias e fatores que poderiam trazer complicações. Por essas e outras, sempre escolha uma clínica ou profissional especializado para realizar este tipo de procedimento.

Comentários: