A dermatoscopia para análise capilar parte do mesmo princípio que o exame de mapeamento corporal, onde uma determinada região da pele é exposta a uma luz especial em associação a lentes que ampliam a imagem, e expõe, de forma ampla e detalhada, pintas e sinais suspeitos que poderiam levar à doenças de pele mais graves, como o câncer.

No caso da análise capilar, o objetivo é analisar com extrema precisão e definição todo o couro cabeludo, incluindo a haste pilosa e áreas ao redor, a fim de encontrar alterações sugestivas das principais doenças que atingem o couro cabeludo e fios, como as alopécias.

Com a utilização de lentes de aumento, câmeras e equipamentos específicos, é possível determinar, com precisão, características dos fios e couro cabeludo, como a estrutura folicular, crescimento dos fios, sinais como eritema e descamação perifolicular ou avaliar a eficiência de diversos tipos de tratamentos capilares.

Juntamente com a análise capilar por dermatoscopia digital, o médico especializado pode pedir outros exames a fim de fazer uma avaliação geral das condições de saúde de um paciente. Esses exames podem envolver exames laboratoriais, tricograma, e até mesmo uma biopsia do couro cabeludo.

Como a quantidade de dados para este tipo de exame é imensa e várias conclusões podem ser tiradas a partir dele, é imprescindível a consulta e acompanhamento com um profissional qualificado, que seja capaz não só de operar os equipamentos, mas também avaliar os resultados.

Comentários: