O que é?

O milium é o nome dado ao aparecimento de pequenas lesões (cistos) brancos ou de aspecto amarelado, geralmente localizados no rosto, principalmente ao redor dos olhos.
Constituído pela mesma substância que compõe a parte mais superficial da pele, o milium pode afetar qualquer pessoa, mas é bastante comum em recém-nascidos ou como consequência de processos de cicatrização.
Ele pode ser primário, que ocorre na região facial e acomete cerca de 50% dos recém nascidos, ou secundário, que pode surgir em qualquer parte do corpo por consequência de traumas ou doenças dermatológicas.

Causas

O aparecimento do milium pode ser consequência tanto de traumas quanto de fatores genéticos, e acontece pela proliferação de células da epiderme dentro da própria epiderme.
Por isso ele é bastante comum após lesões de pele, durante processos de cicatrização ou tratamentos dermatológicos com laser.
O milium não causa nenhuma complicação grave, porém podem crescer bastante em alguns casos.

Sintomas e Tratamento

O milium é detectado facilmente pelo dermatologista, e não há necessidade de exames. Seu tratamento é opcional e puramente estético, uma vez que essa condição é benigna.
Apesar dos tratamentos serem simples e o milium não ser grave, é muito importante que o mesmo seja feito por um dermatologista qualificado para evitar lesões de pele mais graves ou mesmo processos infecciosos que podem se complicar.
Os principais tratamentos são:

● Curetagem manual
● Cremes esfoliantes
● Limpeza de pele.
● Peeling de diamante ou cristal.
● Agentes químicos.
● Cirurgias simples e rápidas.

Comentários: