tratamentos corporais

ESTRIAS

As estrias na pele estão entre as queixas mais comuns de homens e mulheres que procuram um dermatologista. Essas cicatrizes internas são ocasionadas pelo estiramento excessivo da pele, em decorrência de diversos fatores, como:

  • A falta de hidratação cutânea ;
  • O estiramento de pele em uma gravidez ou durante o processo de crescimento;
  • As oscilações de peso;
  • Distúrbios hormonais;
  • Uso de alguns medicamentos ou de anabolizantes;
  • Crescimento muscular abrupto;
  • Colocação de próteses de silicone em pacientes com a pele pouco elástica;
  • Entre outros.

De forma geral, classificamos as estrias em dois tipos principais: as marcas recentes, que têm coloração rósea, avermelhada ou arroxeada; e as marcas antigas, caracterizadas pelo tom esbranquiçado. 

As cicatrizes recentes são consideradas mais fáceis de serem tratadas, já que nesses casos o tecido cutâneo ainda apresenta oxigenação e circulação de sangue local. Por outro lado, as estrias brancas, já sofreram uma atrofia e  são mais difíceis de atenuar. Por isso, o ideal é que o tratamento seja iniciado assim que essas marcas surgem na pele, para resultados mais satisfatórios.

Prevenir as estrias… é possível?

De certa forma, sim. Se tomados alguns cuidados com a pele, é possível diminuir as chances de ter uma estria. Mas é importante ressaltar que existem pacientes propensos ao problema e que, mesmo mantendo todos os cuidados, essas cicatrizes podem ainda assim surgir. De forma geral, as dicas para quem deseja evitar o aparecimento das marquinhas na pele são:

  1. Manter a boa hidratação cutânea, com o uso de cremes e óleos potentes;
  2. Ingerir bastante água no dia a dia;
  3. Evitar as oscilações de peso;
  4. Consultar regularmente o dermatologista para avaliação da pele. 

 

Tenho estrias – E agora? 

Quem – assim como boa parte da população – apresenta essas marcas na pele, pode apostar em vários tratamentos dermatológicos para atenuar o seu aspecto. Algumas boas opções são:

  • Laser de Erbium: O laser de Erbium do FOTONA age em camadas profundas da pele, estimulando a neocolagênese e diminuindo o diâmetro das estrias, que se tornam bem mais discretas.

  • EndyMed – Microagulhamento Robótico: O EndyMed™ é um equipamento de microagulhamento robótico que provoca, de forma automatizada e segura, pequenas punturas na pele, estimulando a produção de colágeno.
  • MMP – Microinfusão de Medicamentos na Pele: Procedimento que visa a infusão de medicamentos e substâncias estimuladoras na área acometida. Além de potencializar a entrega de medicamentos e ativos benéficos para o tratamento das estrias, o procedimento também induz a formação de colágeno e elastina na pele, potencializando os resultados.

  • Peelings químicos: Além de renovar as camadas cutâneas, os peelings estimulam a produção de colágeno novo, melhorando de forma geral a textura da pele e a aparência de cicatrizes como as estrias. 

A consulta com o Dermatologista é fundamental para avaliar o tipo de estria, a sua extensão e, assim, indicar os melhores tratamentos em cada caso. 

 

ESTRIAS - Tathya Taranto